top of page
  • sermidiacomunicacao

Novembro é mês de Black Friday. Dicas para vender mais.

O maior dia do ano em vendas está cada vez mais presente o mês inteiro em campanhas dos lojistas.


A Black Friday é mais uma estratégia que começou no comércio americano e vem sendo adotada em vários países do mundo, inclusive no Brasil, com o objetivo de impulsionar as vendas e garantir descontos aos consumidores. Nos Estados Unidos, acontece tradicionalmente após o feriado de Ação de Graças, promovendo filas gigantescas, pois os descontos para os consumidores podem chegar a 90%. Na opinião da jornalista e consultora de marketing, Alessandra Lemos Fernandes, essa é considerada a data mais importante para o comércio. “Muitos consumidores esperam essa época para fazer compras aguardando superdescontos”, afirma a executive head da Ser Mídia, assessoria especializada em marketing digital e aceleração de negócios.


Segundo Alessandra Lemos Fernandes, essa campanha ajuda a aumentar as vendas de final de ano e, por isso, cada vez mais estão ganhando força. “O que era só um dia, ganhou o mês inteiro com a Black November, além da Black Week e até as campanhas pós-black. São pelo menos 30 dias de oportunidades de vender mais", ressalta.


Dica campeã

A expectativa da ABComm — Associação Brasileira de Comércio Eletrônico é que este ano a Black Friday possa superar a estimativa de 6 bilhões de reais, ganhando também impulso por conta do consumo para a Copa do Mundo que inicia em 20 de novembro. “A intenção do consumidor é aproveitar a campanha, fazendo compras associadas a Copa do Mundo que vão desde a pipoca, roupas e decoração, até a televisores e reformas na casa, portanto, uma dica para os lojistas e empreendedores, é associar a sua Black Friday a Copa do Mundo, sairá gol na certa”, disse.


A Black Friday inicia, oficialmente, no dia 25 de novembro, e promoções como frete grátis, retirada direto na loja e descontos especiais para pagamentos à vista ou via Pix são exemplos de campanhas que conquistam os consumidores, ou seja, fatores para se levar em consideração, pois são decisivos para a compra.


De acordo com a especialista em marketing, é o momento de intensificar as campanhas nas redes sociais e sites de buscas. “É oportuno investir em tráfego pago, rodando campanhas patrocinadas com direcionamento da verba e segmentação do anúncio orientada por especialistas. Nesse período é preciso uma gestão minuciosa das campanhas em virtude da grande concorrência nesses canais de divulgação online", reforça.


Portanto, sendo uma Black Friday mais brasileira do que nunca, onde já existem campanhas nominadas Green Friday ou Yellow Friday, será como uma final de Copa do Mundo onde quem se prepara melhor, vende mais. “É preciso conhecer o cliente e saber qual o público e as postagens que estão rodando bem, ou seja, quem já vinha trabalhando com uma equipe competente de marketing digital, agora é a hora de entrar em campo e fazer o gol”, afirma.


8 views0 comments
bottom of page