© 2019 por Ser Mídia Comunicação e Marketing

Av. Presidente Kennedy, 2511 - Água Verde | Curitiba/PR . WhatsApp: 41 99918-0045

Marketing Baseado em Pessoas: Facebook redefine a ligação das lojas com clientes

January 16, 2018

 

Em palestra na NRF Big Show 2018 em Nova York, o diretor de Estratégia Global de Varejo e E-commerce do Facebook, Martin Barthel, declara o início de nova era do marketing e um novo modelo de unir o universo online e offline. O executivo chamou esse novo paradigma de "Marketing Baseado em Pessoas", que consiste em usar plataformas digitais, especialmente sites de redes sociais como o Facebook, para seguir a trajetória das pessoas e ir para onde elas passam o tempo. 

 

Aqui, um resumo das principais ideias trazidas com Martin Barthel do Facebook. A jornalista especializada em Tecnologia e Comunicação Empresarial, Alessandra Lemos Fernandes, diretora da Ser Mídia Marketing e Comunicação Estratégica, participa desse que é o maior evento de varejo do mundo (são mais de 30 mil pessoas em 20 mil m² de feira com exposições e grandes conferências com grandes líderes globais)! 

 

 

1. Encontre as pessoas onde elas estão

 

Existe uma desconexão entre onde o dinheiro com publicidade é investido com o local onde as pessoas passam o seu tempo. Onde elas estão? Nas redes sociais! A plataforma móvel mudou a forma como concebemos o marketing. Não há divisão entre o online e offline. O grande desafio dos lojistas é como fazer isso na prática. 

 

É preciso entender que o produto pode ser vendido na loja física, mas dados mostram que 56% das compras são influenciadas pelo virtual.

 

 

2. A plataforma do Facebook tem a inteligência artificial necessária e disponível para unir o online e offline

 

O que as empresas gastariam milhões para desenvolver em seus sites, o Facebook disponibiliza para seus anunciantes em sua plataforma. São ferramentas para impulsionar negócios em todos os meios - lojas físicas e comércio eletrônico. Ele se torna a nova vitrine para as lojas, onde os consumidores descobrem produtos e podem entrar no site, falar com o vendedor ou ir até a loja. 

 

 

3. Aquisição de clientes: você conta quem é seu cliente e o Facebook procura esse consumidor para você

 

Por meio da plataforma de anúncios no Facebook, os lojistas podem indicar as características de seus clientes e indicar os produtos que gostaria de oferecer a eles. O Facebook faz essa ponte. Uma das ferramentas é a geolocalização, encontrando clientes que estão perto do seu estabelecimento. 

 

O Facebook tem em sua plataforma dados que permitem saber o que é relevante para cada usuário, por isso, é possível mostrar a ele o que, de fato, irá interessá-lo. É uma personalização em longa escala. E é muito poderoso!

 

 

4- Métricas para medir seus resultados 

 

A máquina ajuda produtos a encontrar as pessoas e ainda permite mensurar o impacto em seus negócios. A plataforma analisa a jornada do cliente: quantos curtiram, compartilharam, quantos visualizaram e quantos foram no site. E mais: no site, onde clicaram e quantos mandaram informações pelo formulário de contato ou fizeram uma ligação. Essa capacidade de avaliar a jornada do cliente ajuda a própria companha publicitária a se remoldar até alcançar a performance desejada pelo anunciante.

 

 

5- O futuro é hoje e as mudanças estão em andamento

 

O diretor de Estratégia Global de Varejo e E-commerce do Facebook, Martin Barthel, afirmou que essas soluções são novas e ainda estão em fase de aprendizagem. Mas a principal vantagem é que toda a complexidade tecnológica para armazenamento de dados é feita pela plataforma do Facebook, o que facilita a inserção de negócios de todos os portes nesse modelo de Marketing Baseado em Pessoas. 

 

 

6- Vídeo: formato do momento

Esse tipo de marketing fala da maneira que o público gosta de ouvir. Já se sabe que, em 2020, 75% do tráfego na Internet será em vídeo. Imagens paradas não comunicam tão bem como imagens em movimento. Isso muda o jogo da publicidade. 

"Pare de testar tanto. Um vídeo converte mais resultados que outros formatos", sentenciou o executivo do Facebook, na NRF 2018. 

 

 

7- Messenger para Negócios

 

A mensagem é outro componente importante do Marketing Baseado em Pessoas. O público quer se comunicar, quer tirar dúvidas. Pesquisas mostram que 63% dos usuários do Facebook gostam de receber mensagens de texto e 53% gostam de enviar mensagens. O Messenger está sendo constantemente aperfeiçoado para garantir um chat entre as empresas e o público.

 

Esses conceitos consolidam o marketing digital como uma ferramenta fundamental para os negócios. "Marketing Baseado em Pessoas é chegar de forma personalizada ao público, levando o produto a quem o quer", finalizou Martin Barthel, diretor do Facebook

 

A Ser Mídia Marketing e Comunicação Estratégica é uma consultoria especializada em viabilizar estratégicas digitais como o Facebook para Negócios no conceito Marketing Baseada em Pessoas.

Para entrar em contato: alessandra@sermidia.com.br e www.sermidia.com.br.

 

 

 

Fotos: Unsplash

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Novidade no Instagram: agora as empresas podem adicionar links nas fotos para marcar produtos e serviços.

March 22, 2018

1/1
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo